Tom Jobim

25/11/2010 § 2 Comentários

‘’Chega de saudade, a realidade é que sem ela não há paz não há beleza é só tristeza e melancolia que não sai de mim, não sai de mim, não sai…’’

Carioca, grande músico e compositor tom Jobim encantava todos com seu ar romântico.  Em 1949 casou-se com Thereza Otero Hermano a qual dedicou todas as suas harmonias compostas desde então que, em seu primeiro LP, já possuía algumas músicas interpretadas por alguns cantores famosos da época.

Tom Jobim um gênio na área da musica popular brasileira criou aos poucos, nada mais nada menos, que a bossa nova.  Ele e Vinicius de Moraes, após a peça Orfeu de conceição, iniciaram uma carreira, apesar de solo, conjunta.  O primeiro fruto dessa junção divina foi o LP canção do amor demais, que surgiu com vários sucessos, como: ’’ chega de saudade’’ e a saudosa música ‘’eu sei que vou te amar’’.

 

“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça é ela menina que vem e que passa no doce balanço caminho do mar…”

Na década de 60, Tom Jobim compôs muitas musicas e essa animação foi trazida junto ao festival que participou no exterior. Quando voltou tom e Vinicius compuseram juntas as mais belas bossas e entre elas não poderia faltar garota de Ipanema.  Voltando aos estados unidos, tom Jobim faz apresentações com cantor Frank Sinatra, gravando assim a versão the girl from Ipanema.

“ É pau, é pedra, é o fim do caminho, é o resto do toco, é toco sozinho…São as águas de março fechando o verão é a promessa de vida no meu coração…”

Tom Jobim volta ao seu inicio de carreira e com influências do jazz faz novas músicas instrumentais.  Em seus LP consegue fazer uma pesquisa sobre a cultura brasileira e a influência musical internacional. As musicas de Tom compostas a partir daí são dedicadas Minuciosamente para outros fins, principalmente para trilhas sonoras .

 

É pau, é pedra, é o fim do caminho. Tom Jobim falece em 1994 meses antes de fazer seu ultimo cd ‘’Antonio brasileiro’’. Como herança de sua trajetória artística ele deixa ao povo brasileiro suas obras, consideradas até hoje como ‘’hinos’’ brasileiros para muitos; e em troca o Brasil  deixa de lembrança pra ele várias homenagens. Uma delas bem conhecida foi o nome do aeroporto do Rio de Janeiro que deixou de ser chamado de apenas aeroporto internacional para ser chamado de aeroporto internacional Antonio Carlos Jobim.

 

Anúncios

§ 2 Respostas para Tom Jobim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Tom Jobim no Doces Meninas.

Meta

%d blogueiros gostam disto: