Um violinista no telhado

30/11/2010 § 2 Comentários

Esse filme é um clááááássico dos filmes musicais e um clááááááássico da Broadway. O filme é inspirado na Broadway, que por sua vez é inspirado nos contos de Sholem Aleichem. Está na minha lista particular de filmes favoritos, o que é muito bom porque vocês podem assistir sem se arrependerem (rsrsrsrsrs). Encontrá-lo nas locadoras e lojas especializadas é muito difícil, então a opção é, infelizmente ou não, baixa-lo na internet.

A história do filme acontece na Rússia pré-revolucionária, em um vilarejo judeu. Um leiteiro humilde planeja o casamento das três filhas mais velhas, mas é surpreendido com o rumo da vida de cada uma. Ao mesmo tempo ele procura manter a tradição, o sentimento religioso e étnico, quando o Czar ordena que todos os judeus devem abandonar o vilarejo.

Ao desenrolar do noivado de cada filha, o filme vai ficando muito sensível. As músicas também vão evoluindo mais intensamente. Quando assisti filme fiquei com a impressão de que fazia parte do filme, devido aos diálogos monólogos, olhando para a câmera, do personagem principal.  O filme também é engraçado, vejam as cenas do celeiro, do sonho do leiteiro e da conversa dele com o açougueiro pretendente a noivo da filha mais velha. No bar surge uma sequência muito legal de coreografias, uma espécie de batalha entre judeus e cristãos ortodoxos.

Durante o filme, que obviamente mostra o dia-a-dia judeu, temos vários símbolos tipicamente religiosos, como o Shabat, a sinagoga, o rabino, etc. Assim, obtemos um respeito maior ás pessoas provindas dessa religião e aos seus costumes.

A trilha sonora, que é maravilhosa, foi composta e regida por John Williams, um dos melhores compositores e regentes do cinema. Lembram da música tema de “ET”, “Indiana Jones”, “Star Wars”, “Tubarão”? Pois é, ele compôs esses e os três primeiros filmes da série “HarryPotter”. O cara é bom!

Bom, o filme foi indicado a vários prêmios, entre os mais importantes estão, claro, as indicações ao Oscar, onde ganhou os prêmios de melhor fotografia, melhor trilha sonora adaptada e melhor som. Foi indicado a outras cinco categorias, entre elas está melhor diretor e melhor filme. Resumindo: o filme é bom pra caceta caramba, vale muito a pena assistir.

Anúncios

Marcado:, , , ,

§ 2 Respostas para Um violinista no telhado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Um violinista no telhado no Doces Meninas.

Meta

%d blogueiros gostam disto: