Papo de Menina: Romeu Versus Eu

01/12/2010 § 2 Comentários

Oi minhas lindas, como estão?

Essa semana tive um ‘D.R’ muito tenso com alguém sem muita importância sobre Romeu e Julieta. Quem me conhece bem sabe que eu odeio essa história. Ok. Exagero. A palavra odiar é um pouco forte demais. A questão é que não entra na minha cabeça alguém ter morrido por outro alguém. Joguem na minha cara que isso é porque não amei alguém de verdade, recalque ou simplesmente apelem que nada sou diante de Shakespeare. Assumo, nada realmente sou. E isso não me impede de NÃO gostar da história.

Meus motivos podem parecer fúteis, ainda assim, aquele amor acima de todas as coisas do universo, que está além da vida ou da morte me parece ser ridículo de tão impossível. Não sei se alguém aqui viu o filme Cartas para Julieta. O filme em si é péssimo, fala de um amor verdadeiro ridiculamente banalizado de forma vazia e um roteiro montado acima de algo praticamente previsível e também impossível. A única coisa que podemos absorver desta produção, além das péssimas atuações, é que a porra do amor verdadeiro só tem de pai e mãe.

Minha irmã adorou o filme e eu odiei. O roteiro é bem baseado acima da história de Julieta. E digo e afirmo que a minha carta para a moça seria:

“Querida Julieta, Romeu morreu. Que dor em seu coração… Daqui a uns meses você descobrirá que fora tolice amar o inimigo e que existem João’s, Robertos, Ricardos, Paulos e dentre outros que também podem fazer seu coração bater. Gata, bola pra frente que a vida continua.”

Eu sou insensível. Assumo também. Na verdade eu sou aquela típica garota que se apaixona pelo personagem do livro, principalmente os vilões. Que suspirou muito a procura de um amor, chorou horrores porque achava que isso nunca iria acontecer e etc…

Não quero um Romeu. Fala sério! Alguém sussurrando na minha sacada é pedir para levar balde de água fria na cabeça. Eu quero alguém que me mostre que morrer pelo seu amor valha à pena, que enfrente o meu pai, suba na minha sacada e me leve para bem longe e roube meu coração de forma tão avassaladora que ‘voltar atrás’ não seja uma das opções. Quero alguém que me faça parar de judiar a coitada da Julieta que morreu por alguém que amava. Sendo filho do inimigo ou não.

Quero alguém que jogue na minha cara que eu sou a controvérsia em pessoa só porque não o encontrei antes. Eu sou a dona do time: Não confio mais no amor. E também sou a dona da torcida: Me tire daqui e me faça confiar em você.

 

Anúncios

§ 2 Respostas para Papo de Menina: Romeu Versus Eu

  • N disse:

    Eu sou da tua torcida. Mas sou a maior mamona da história da galáxia. Acredito no amor. Mas dos outros. Credo, isso não rola comigo! É difícil, dói, ficamos ainda mais idiotas e a impressão que tenho é que passamos a cantar Justin Bieber. Só pode.
    Romeu e Julieta à parte (até porque gosto da estória), se fosse de verdade e pra sempre, o mocinho entrava era pela porta da frente, me preparava um café e diria que, independente de como, tudo ficaria bem. E sem mortes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Papo de Menina: Romeu Versus Eu no Doces Meninas.

Meta

%d blogueiros gostam disto: